Projeto incentiva uso da compostagem nas escolas

E-mail Imprimir PDF

Projeto incentiva uso da compostagem nas escolas

Um projeto realizado pelas secretarias de Agricultura e Educação, Coletivo Educador e a Sala Verde, com o apoio da Itaipu Binacional, através do Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu possibilitou o repasse de kits compostagem para as instituições de ensino da Rede Municipal.

Após receber uma capacitação sobre a utilização dos materiais, as escolas estão colocando em prática o que aprenderam.

Na Escola Municipal Geraldo Batista Chaves os materiais vem sendo utilizados na produção de composto orgânico para adubar a horta. Além de oportunizar a produção de alimentos mais saudáveis na escola, a compostagem ainda virou tema trabalhado em sala de aula, onde os alunos aprendem a teoria e depois vivenciam a prática através de visitas técnicas na horta.

Os pais também foram envolvidos nesse trabalho, uma vez que a escola vem realizando capacitações para que eles possam realizar a compostagem em suas casas.

O Centro Municipal de Educação Infantil Professora Terezinha dos Reis Thomazinho – CEMEI também vem desenvolvendo ações através desses materiais.

Segundo a diretora do CEMEI, Schirlei A. M. Ribeiro, a compostagem veio a ser um suporte pedagógico para que as crianças pudessem entender e visualizar na prática o processo de transformação do lixo orgânico em adubo. “Trabalhamos a importância da diminuição dos resíduos depositados nos aterros, valorizando o aproveitamento dos recursos naturais”.

Segundo ela, com o húmus da minhoca as crianças plantaram milho, feijão e alpiste para trabalhar germinação e cuidados com as plantas. Ainda é utilizado como fertilizante para o jardim, plantas e horta medicinal do CEMEI.

Alunos do CEMEI desenvolvem trabalhos de compostagem

 

 


Acesso a Informação

Validação de Documentos

Transparência

Diário Oficial