Trabalhar sim, Adoecer não

E-mail Imprimir PDF

28 DE ABRIL, DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DE ACIDENTES E DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO

abril

A Organização Internacional do Trabalho - OIT instituiu o dia 28 de abril como o Dia Mundial em Memória às Vítima de Acidentes e Doenças relacionadas ao Trabalho. No Brasil, a Lei 11.121/2005 instituiu o mesmo dia como o Dia Nacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

Segundo dados da OIT em cada ano ocorrem em todo o mundo, cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho e 160 milhões de doenças profissionais tendo custos econômicos que ultrapassam os 4% do PIB mundial, para além do imenso sofrimento pessoal e familiar que está subjacente  a esta realidade. O número de mortos ultrapassa os 2 milhões todos os anos.

De acordo com o Anuário Estatístico da Previdência Social 2015, lançado no ano d 2016, o Brasil registrou 612,6 mil acidentes de trabalho, dos quais resultaram 11.028 em incapacidade permanente e 2.502 óbitos.

O Paraná, por sua vez, registrou neste mesmo ano, 134.460 acidentes, dos quais 799 resultaram em incapacidade permanente e 212 em óbitos, números que colocam o estado do Paraná em quinto ligar no número de acidentes e terceiro que mais registra óbitos.

Conforme dados do SINAN/NET - Sistema de Informações de Agravos e Notificações, entre os anos de 2009 a 2016 foram registrados 86 acidentes graves, sendo 3 fatais no município de Vera Cruz do Oeste. Isso demonstra a necessidade de um olhar mais vigilante em relação a esta demanda.

A equipe de Vigilância em Saúde do Trabalhador, faz ações de conscientização durante todo o anos, palestras, panfletagens, amostra de cartazes, banners e fiscalizações em diferentes ramos de produtividade, objetivando diminuir estes números de notificações.

"Diante das inspeções realizadas nos ambientes de trabalho e analisando as investigações dos acidentes, observamos a necessidade de ambas as partes contribuírem para que esses acidentes diminuam. Se de um lado o empregador deve adotar medidas preventivas para segurança no trabalho, do outro lado o trabalhador deve tomar consciência sobre os riscos que correm e o mesmo tomar os cuidados necessários para esses acidentes não ocorram, sabendo que um acidente de trabalho poderá comprometer a vida de ambos, permanentemente ou não", frisou a Coordenadora da Vigilância em Saúde do Trabalhador - Sueli Alexandre.

 

 

Última atualização ( Sex, 28 de Abril de 2017 09:59 )  

 


Acesso a Informação

Validação de Documentos

Transparência

Diário Oficial