Educação Empreendedora em Vera Cruz do Oeste

E-mail Imprimir PDF

Professores da rede municipal iniciam capacitação para implantação de Educação Empreendedora nas escolas de Vera Cruz do Oeste

A educação empreendedora é aquela que ajuda o estudante a enxergar e avaliar determinada situação, assumindo uma posição proativa frente a ela, capacitando-o a elaborar e planejar formas e estratégias de interagir com esses problemas. Além de ser o principal vetor de desenvolvimento dos países e regiões que aspiram ver seus jovens se tornarem grandes empreendedores.

Pensando nesse desenvolvimento social o Sebrae criou o Programa Nacional de Educação Empreendedora que prioriza o equilíbrio entre o “querer fazer” e o “reunir condições para poder fazer”. Dessa forma, o Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos – Jepp ensina as crianças que as características do empreendedor de sucesso refletem não só nos negócios, mas em tudo o que se faz.

Para desenvolver a educação empreendedora em Vera Cruz do Oeste, a Secretaria de Educação em parceria com o Sebrae iniciou a capacitação dos professores da rede municipal para implantação do projeto junto as escolas. “O Jepp sensibiliza os estudantes a observarem o ambiente onde vivem, identificar oportunidades, assumir riscos calculados e tomar decisões, mesmo em situações desafiadoras”, aponta a consultora do Sebrae/PR e gestora de Educação Empreendedora no oeste, Nara Regiane Reinheimer Pick.

O projeto é desenvolvido durante todo o ensino fundamental I, continuamente o aluno terá a temática trabalhada na escola. Em cidades com mais tempo de aplicação do Jepp, os professores afirmam que é o projeto teve reflexo no ensino fundamental II, pois o envolvimento dos alunos com a metodologia ao longo dos anos têm resultado em crianças mais comprometidas, responsáveis e autônomas, revelando turmas cada vez melhores ao longo dos anos escolares.

A secretária de educação, cultura e esporte do município, Nelma Cardozo explicou que o primeiro passo para implantação do projeto é a capacitação dos professores que irão trabalhar a temática em sala de aula. “Estou muito feliz pelo interesse dos educadores em se aperfeiçoar e se dedicarem ao aprendizado, essa será uma ferramenta fundamental para a transformação da educação e nossos professores não mediram esforços para realizar o treinamento, mesmo no período de recesso escolar”, comemora Nelma.

Nelma também falou da importância do projeto na vida das crianças. “Esse projeto propõe uma transformação no comportamento dos alunos, modificando sua maneira de pensar e de encarar a vida. Eles passam a entender que empreender não é ganhar dinheiro, mas sim fazer a diferença em suas tarefas diárias, tanto em casa, na escola, na sociedade, isso os transforma em adultos responsáveis e comprometidos”, acrescenta a secretária.

Metodologia:

O projeto é aplicado, primeiramente, aos professores que trabalham conceitos e práticas com os alunos. Na seguência, cada série trabalha com temas específicos. Os alunos do primeiro ano trabalham com ervas aromáticas, o segundo ano com temperos naturais, no terceiro ano trabalham a oficina de brinquedos ecológicos, no quarto ano a locadora de produtos e, por fim, no quinto ano o tema é sabores e cores.

Para trabalhar em sala de aula os professores tem auxilio do livro do professor e cada estudante, o livro do aluno. A linguagem do material é adaptada a cada fase da criança, abordando as temáticas de maneira lúdica, com personagens e situações cotidianas que mesclam aprendizado e diversão.

 

Última atualização ( Qua, 25 de Julho de 2018 14:39 )  

 


Concurso 2018

Acesso a Informação

Validação de Documentos

Transparência

Diário Oficial