Plano Intermunicipal de Resíduos Sólidos

E-mail Imprimir PDF

Audiência Pública aprova relatório final do Plano de Resíduos Sólidos dos municípios consorciados ao Cidersop

Levantar o diagnóstico da situação dos resíduos sólidos nos municípios e propor soluções ambientalmente adequadas aos diferentes tipos de materiais descartados é o objetivo principal do Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos - PIGIRS. O qual, teve seu relatório final aprovado em Audiência Pública, realizada em Vera Cruz do Oeste, sede do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico, Social, Educacional e Cultural Sustentável da Região Oeste do Estado do Paraná - Cidersop.

O plano nasceu através de convênio firmado entre o Cidersop e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu - FPTI, no ano de 2015, em cumprimento a Lei Federal nº 11.445/2007, Decreto Federal nº 7.217/2010 e a Lei Federal nº 12.305/2010 que versa sobre a Politica Nacional de Resíduos Sólidos. Para o desenvolvimento das ações e cumprimento do objeto do convênio foram instituídos, em todos os município consorciados, os Comitês Municipais de Coordenação, contando com a assessoria técnica do PTI e da empresa Cerne Ambiental.

Os dados apresentados referem-se aos municípios consorciados ao Cidersop: Vera Cruz do Oeste, Ramilândia, Matelândia, Diamante do Oeste, São Pedro do Iguaçu, São José das Palmeiras e Ouro Verde do Oeste. O município de Céu Azul, por ter integrado ao Consórcio após firmado o convênio com a Itaipu, não pôde ser contemplado no planejamento intermunicipal, mas será sede da central de valorização de materiais recicláveis, proposta no Plano.
O presidente do Consórcio e prefeito de Vera Cruz do Oeste, Ednei Sgobi, ao dar abertura aos trabalhos, salientou a importância do Cidersop para o desenvolvimento dos Municípios consorciados. "O Cidersop está sendo uma alternativa segura e de muita representatividade junto ao Governo do Estado, o que está possibilitando muitos investimentos em nossas cidades", explicou.
Após a aprovação do plano, a técnica do FPTI, Valquiria Castro explicou que cada município deve agora,  enviar o relatório final para as Câmara de Vereadores, a fim de instituir a Politica Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos e então, passar a desenvolver as atividades propostas. "A partir de agora, fica a cargo do Consórcio e dos municípios a implantação das ações previstas no Plano para que assim se possa dar continuidade à real intenção desse convênio", enalteceu Valquiria.
Clique aqui para ver mais fotos.
Última atualização ( Ter, 07 de Agosto de 2018 14:13 )  

 


Concurso 2018

Acesso a Informação

Validação de Documentos

Transparência

Diário Oficial